2 de junho de 2020

FACEBOOK - Guardar posts para ler mais tarde

Acontece vermos uma publicação no Facebook, não termos tempo para a ler, e quando queremos voltar a ela nunca mais a encontrarmos. É, no mínimo, desapontante.
O próprio Facebook resolve este problema, porque permite guardar um post para lermos mais tarde, na própria rede social.

Como guardar uma publicação?

  1. No Feed de notícias, encontre a publicação que quer guardar.
  2. Clique nos três pontinhos horizontais no canto superior direito dessa publicação.
  3. Selecione a primeira opção , Guardar ligação.


Como ver a publicação guardada?

No menu lateral esquerdo, procurar "Guardados", e clicar.




Dentro deste separador, está tudo o que tivermos guardado.

Se quisermos, podemos organizar os nossos posts dentro de pastas, aqui chamadas Coleções

Para isso, basta criar uma Coleção, dar-lhe um nome, e depois associar cada ficheiro à coleção que quisermos. 





Outras vantagens desta funcionalidade?

Permite-nos ir criando um Arquivo dentro do Facebook, com os conteúdos que nos interessam, e que poderíamos perder para sempre.

Note que...

Esta não será a forma mais segura de arquivar conteúdos relevantes, uma vez que depende inteiramente da gestão do próprio Facebook...

Se quiser guardar com mais segurança conteúdo para ler mais tarde, será aconselhável optar por outro tipo de aplicação.

Pocket pode ser uma boa opção. Já analisámos esta ferramenta, aqui no blogue.

28 de maio de 2020

POCKET - O BOLSO DIGITAL PARA GUARDAR CONTEÚDOS WEB

Pocket é um serviço online que nos cria listas de leitura, para não perdermos de vista artigos de que gostámos, ou que queremos guardar para ler mais tarde, ou mesmo manter após essa leitura.
Como o nome indica, esta ferramenta digital é como um bolso onde guardamos algo que não queremos perder.





A aplicação é segura, funciona como app em Android e iOS, e também pode ser usada como extensão no Chrome ou noutros navegadores.

Para tirar partido do Pocket é preciso criar conta, facultando um email ou associando-lhe a nossa conta Google. Não nos são pedidos quaisquer outros dados. Se quiser, aceda ao registo aqui.

O interface do Pocket é prático e "limpinho".

Os links guardados podem ser vistos em lista ou em grelha, o que torna a experiência de leitura agradável em qualquer dispositivo.
Organização e Arquivo
À partida, o Pocket organiza os links guardados em três categorias: Artigos, Vídeos e Imagens. Mas podemos criar pastas no Arquivo, para arrumarmos as publicações guardadas e facilitarmos a tarefa de encontrar um conteúdo.

Destaques - Como funcionam e para que servem?

A função Destaques é bastante interessante.
Quando estivermos a ler um texto previamente guardado, se selecionarmos uma frase ou um excerto e clicarmos em Destaques, o Pocket automaticamente o assinala com um marcador amarelo, e guarda-o na pasta Destaques

Quando quisermos aceder a estes nossos excertos preferidos, basta irmos a esta pasta para os encontrarmos. É uma forma rápida de guardar informação "especial" para usar mais tarde.

Como guardar para ler depois
?

O primeiro passo, é instalar o Pocket, disponível na Play Store, na Apple Store e nas extensões da Google Web Store.

Quando abrir o Pocket pela primeira vez, é pedido o login ou o registo.
Para que a sincronização funcione, tem de usar o Pocket com a mesma conta; faça um só registo (no browser ou numa aplicação) e, a partir daí, em qualquer dispositivo que utilize, faça apenas login.

Nos dispositivos móveis

Uma vez instalado e configurado o Pocket, para guardar um conteúdo
(artigo, vídeo, imagem, siga estes passos:

1) Clicar nos três pontinhos, no canto superior direito.
2) Selecionar Copiar ligação.
3) Abrir o Pocket.
    Automaticamente, é perguntado se quer guardar o link  

    copiado. Clique em guardar.

No browser

Instale a extensão a partir da própria loja Chrome Web Store). 

Aparecer-lhe-á o ícone  na barra de ferramentas, a seguir ao espaço reservado ao URL.
Para guardar algo no Pocket, só precisa de clicar neste ícone. Fica gravado.


Multiplataforma

O facto de podermos usar o Pocket no tablet, no telemóvel e no PC torna a ferramenta muito vesátil, porque toda a informação é automaticamente sincronizada.
Assim, podemos aceder no telemóvel a um link que gravámos no computador, ou vice-versa. Está lá tudo, de igual modo consultável em qualquer dispositivo.

Função Offline


Os conteúdos do Pocket podem 
ser também lidos offline, se fizermos o seu prévio download através da rede fixa ou via Wi-Fi. E isto é válido para texto ou para vídeos.

Partilha

A partilha automática de links é muito completa.
Podemos apenas copiar o url, mas não só; também é possível, 
diretamente, por exemplo:

  • publicar no Facebook, no Twitter, no Instagram e no WhatsApp.
  • Guardar no GoogleDrive, no OneDrive ou na Dropbox.
  • Enviar por mail (via Gmail ou Outlook).
Resumindo

Se pretende uma ferramenta fácil de usar para não perder de vista um artigo, um vídeo, uma imagem, teste o Pocket, porque pode ser uma boa solução para quem andam sempre à cata de conteúdos para produzir recursos educativos ou para um qualquer utilizador da web.

Vale a pena experimentar. Se não gostar, pode sempre desinstalar, sem dificuldade nem complicação.

Fonte: getpocket.com

23 de maio de 2020

170 Mil Visitantes

Nestes últimos três meses, as exigências do Ensino a Distância incrementaram a procura de ferramentas e recursos digitais.
F
oram muitos os visitantes deste vosso blogue. E fizeram-nos crescer. Quase sem darmos por isso, ultrapassámos os 150 mil, os 160 mil, e nem celebrámos.

Procurar conteúdos, tentar selecionar os melhores, testá-los e partilhar convosco as nossas análises é aquilo a que nos propusemos, desde início, e o que tentaremos continuar a fazer.
Nascemos nas necessidades da comunidade escolar (Agrup. Escolas de Santiago do Cacém) mas o nosso crescimento revela que temos sido úteis a mais gente.

E assim a nossa existência se reforça em pertinência e sentido.
Mais visibilidade é também responsabilidade acrescida.
Continuaremos, sem deslumbramentos, a tentar não vos desiludir.
Muito obrigada!



9 de maio de 2020

COMMUNFRANÇAIS - Vídeos em Francês - Compreensão Oral - Compréhension Orale

Commun Français é uma plataforma criada por Stéphane Wattier, professor de Francês Língua Estrangeira, para apoio aos seus alunos, no Vietname.

Entre outros recursos, a plataforma inclui este blogue, com o mesmo nome, em que são apontados vídeos do YouTube adequados aos níveis C1 e B2.



Há cerca de uma centena de vídeos, agrupados por nível, e por temas como família, vida em sociedade, escola, mundo do trabalho, saúde, urbanismo, ambiente, consumo, alimentação, transportes, turismo, tempos livres, relações sociais, etc.
De curta duração, os vídeos são maioritariamente provenientes de canais de televisão franceses/francófonos, e estão quase todos legendados. Quase sempre a legendagem surge automaticamente em francês; quando tal não acontece, basta mudar a língua da legendagem.


/

Embora não haja um motor de busca interna, é fácil localizar os vídeos que nos possam interessar, visto que estão agrupados por temas e, dentro de cada tema, por subtemas.




Por exemplo, para o tema Ambiente
podemos encontrar os subtemas 
aquecimento climático e o plástico.




A seleção dos vídeos é cuidadosa e adequada ao nível a que se destina, ou não fosse um experiente professor de Francês Língua Estrangeira a fazê-la.




Estamos perante um conjunto de recursos com um elevado potencial para o desenvolvimento de atividades de compreensão oral, ou mesmo para avaliação de competências neste domínio.

7 de maio de 2020

TubeQuizard - Quiz baseado em vídeos do YouTube

TubeQuizard é um site que alberga listening quizzes, prontos a serem utilizados por qualquer estudante de Inglês, partindo das legendas de vídeos do YouTube.



Há vídeos e Quizzes para todos os gostos, todas as idades e todos os níveis.
TubeQuizard apresenta-se como um leitor online que, a par do vídeo, apresenta exercícios com espaços para completar.  

Como se utiliza?

O aluno vê o vídeo, ouve, e ao mesmo tempo responde ao Quiz preenchendo os espaços em branco com palavras ou expressões usadas no vídeo.  
Para cada pergunta/espaço, a autocorreção é automática. E no final há uma nota global. 
O texto do vídeo, legendado, está dividido em frases e sequências. Se clicarmos numa frase, o vídeo reposiciona-se automaticamente no local certo para poder ouvir o excerto que contém essa frase.  
Como encontrar um vídeo?  
O motor de busca do TubeQuizard é muito eficaz. Podemos filtrar a busca por nível, tipo ou tema (conteúdo curricular) do exercício ou tema do vídeo. 
Melhor ainda. Podemos indicar uma palavra, uma expressão, uma frase, e procurá-la em todos os vídeos existentes no YouTube onde esse elemento esteja presente nas legendas. Como a base de dados é enorme, os resultados da pesquisa demoram um bocadinho a aparecer, mas vale a pena a espera.
E depois? Depois, assim que um vídeo é encontrado, aparece-nos sob a forma de Quiz. Quando é vários Quizzes sobre o mesmo vídeo, só temos de escolher o que nos interessa. 
---------------------------------------------
Em função das nossas necessidades, podemos editar um vídeo, reduzindo-o apenas à parte que nos interessa; para isso, temos de indicar o momentos de início e de fim, e gravar a alteração (ver tutorial). 
Podemos copiar o link do vídeo e partilhá-lo nas redes sociais ou num documento interativo que criemos (PDF, GoogleDocs, etc)
O link encaminha-nos para o vídeo, na plataforma do TubeQuizard, mas não é preciso qualquer registo para fazer o listening e responder ao Quiz.

E tudo isto é completamente gratuito.
Para saber mais sobre a utilização do TubeQuizard, veja o tutorial em vídeo do próprio site (em inglês).

Tutorial: https://youtu.be/akE2QXK3Ga4
Fonte: http://www.tubequizard.com/

26 de março de 2020

France Podcasts - Recursos de Francês gratuitos - Compreensão oral - FLE

France Podcasts é uma plataforma de recursos para o ensino de Francês.

Aqui se reúnem materiais e recursos muito diversificados e, ao contrário do que o nome pode fazer crer, os podcasts não são o mais relevante.
O site tem uma página inteiramente dedicada ao FLE (Francês Língua Estrangeira) e é aqui que encontramos o melhor da plataforma: vídeos para exercitar a compreensão oral.


São vídeos curtos, provenientes de canais televisivos francófonos, relacionados com temas de sociedade ou com a cultura e as tradições francesas, e acompanhados de exercícios de compreensão oral e de outras atividades, para alargamento do tema abordado no vídeo.

Cada vídeo vem acompanhado da indicação do nível a que está adequado.





O que podemos encontrar, a acompanhar cada vídeo (ou podcast)?


  • um MP3 que permite voltar a ouvir apenas o áudio do vídeo, se o não quisermos repetir.
  • um pequeno glossário explicativo dos vocábulos mais difíceis.
  • um questionário online com correção automática (às vezes, acompanhado de um PDF para download).
  • um questionário de perguntas abertas, para exploração/alargamento do tema.
  • um exercício de expressão escrita.
  • uma seleção de documentos autênticos relacionados com o assunto do vídeo (p. ex.: outros vídeos, infografias, artigos de revistas, de jornais ou da web).

Na plataforma há também outros tipos de exercícios interativos


  • de vocabulário, sobre temas adequados aos conteúdos programáticos. Há-os de nível iniciação (p. ex.: números, cores, frutos) e outros de nível mais avançado. Os mais interessantes incluem um podcast (registo audio) e uma ficha de trabalho em PDF, para descarregar. Permite que possamos imprimir a ficha e fornecê-la aos alunos, para que possam completá-la, ouvindo o podcast respetivo.
    Há ainda sopas de letras, texte à trous, espaços para completar.
  • de gramática, com correção automática, umas vezes pergunta a pergunta (fazendo enter após dar a resposta), outras com correção apenas quando damos por concluído o exercício.
Estas atividades privilegiam a vertente formativa, pelo que não há limite de tempo para realização dos exercícios e também não é obrigatório responder a todas as questões para dar por concluída uma tarefa.

O site oferece ainda outros conteúdos a descobrir, nomeadamente os que são destinados a professores, e que podem ser consultados a partir da lista de etiquetas-catégories, na página de abertura.

21 de fevereiro de 2020

DIGCCMixter - Música gratuita e livre de direitos

Para quem procura uma música para a banda sonora de um vídeo ou de um slideshow, o site DigCCMixter pode ser a solução.

Trata-se de um motor de busca de recursos musicais livres de direitos e gratuitos. Todos os ficheiros disponíveis estão sob licença Creative Commons.



São muitos os estilos musicais presentes, mas a pesquisa é bastante apurada. Começamos por introduzir uma palavra-chave e podemos depois afinar a busca: músicas mais populares, mais recentes, estilo ou instrumento.

Para nos facilitar a vida, o site sugere que obtemos por uma das suas pré-seleções, a saber:

  • Música instrumental para Filme e Video
  • Música para projetos comerciais 
  • Música para videojogos.


No entanto, nada nos impede de encontrarmos a música que nos serve numa área que não seja aquela em que, à partida, o site a classificou. 
A "arrumação" por áreas visa apenas facilitar-nos a vida.
Um site a descobrir!

Fonte: DiCCMixter

10 de fevereiro de 2020

VOCAL REMOVER - separar voz e música de uma canção

Já desejou poder separar música e voz num ficheiro audio de uma canção, para poder utilizar em aula?
Vocal Remover é uma pequena ferramenta de engenharia de som que pega numa canção gravada em wav ou MP3 e faz isso por si, enquanto o diabo esfrega um olho.

Como funciona?

1.  Fazer upload do  ficheiro inicial (música+voz).
     Na página inicial do Vocal Remover, introduzir diretamente o URL 
     do ficheiro (Youtube, por exemplo) ou descarregá-lo a partir do nosso 
     computador.



2. Clicar em "Remove Vocal"

    Num ápice, o aplicativo faz o trabalho dele.
    Disponibiliza-nos o original, a versão instrumental e a versão apenas vocal.




3. Fazer o download  dos ficheiros obtidos.
    Muito importante: Como tudo funciona online, a versão gratuita só conserva
    os  ficheiros durante uma hora, pelo que não devemos esquecer-nos de os
    guardar, sob pena de termos de repetir a tarefa.
Não há nada mais simples.
Não é necessário qualquer tipo de registo para utilizar o
Vocal Remover
Embora a ferramenta tenha de ser utilizada em francês, inglês ou espanhol, testámo-la com uma canção portuguesa e funcionou perfeitamente.

14 de janeiro de 2020

CANVA EDUCAÇÃO - Versão Premium gratuita para professores

O site Canva, talvez a melhor ferramenta de design gráfico online, tinha até agora uma versão de acesso gratuito (mediante registo), já com muitas funções, mas muito mais limitada do que a versão Premium.

A boa notícia é que, em 2020, o Canva passa a disponibilizar a sua versão profissional a todos os professores.



O QUE OFERECE O CANVA EDUCATION?

Todo o potencial do Canva Premium vai estar disponível, sem restrições, para criarmos os nossos cartazes, posters, infografias, etc.

Significa isto que teremos acesso gratuito a:
  • mais de 2 milhões de imagens, ilustrações e ícones;
  • mais de 20 modelos de documentos;
  • criador de GIF e de filmes.
Ouro sobre azul, esta "versão educação" vai permitir-nos colocar a ferramenta à disposição dos nossos alunos e partilhar com eles os seus próprios materiais.

Veja aqui tudo o que esta versão Educação coloca à disposição do professor.



COMO OBTER O CANVA EDUCAÇÃO?


Basta preencher o formulário, aqui, e enviar para validação.
Condição de base: tem de fazer o registo usando o seu email profissional.
A partir do momento em que o seu pedido seja aceite, passa a ter acesso a tudinho!
Embora o formulário de registo esteja em inglês, o Canva tem já todo o site em língua portuguesa.

31 de dezembro de 2019

100 mil visitantes!

.
Obrigada pelo interesse, pela confiança.

Continuaremos a tentar trazer-vos os melhores conteúdos educativos digitais, e boas dicas, cumprindo o objetivo a que nos propusemos: ajudar alunos, professores (e outros interessados), nas suas tarefas e necessidades diárias.

Se gosta do que fazemos, divulgue o blogue nas suas redes sociais.

A nossa atividade na web complementa-se em:


19 de dezembro de 2019

REDACTED - Desfocar/ocultar rosto numa foto


Já quis publicar uma fotografia de uma criança nas redes sociais, protegendo a sua identidade?
Já desistiu, enquanto professor/educador/animador, de publicar uma foto de uma atividade com crianças, por não ter autorização de todos os pais para divulgação da imagem dos respetivos filhos?

Esconder/desfocar um ou vários rostos numa fotografia pode até parecer simples, mas nem sempre é rápido, por exigir recurso a um editor de imagem, o que pode ser um bico-de-obra...

Mas há Redacted, uma solução surpreendentemente simples e rápida.



Redacted é uma pequena ferramenta que só faz isso, ocultar rosto ou parte de uma fotografia, mas que o faz bem e depressa!
Para "ocultar" rosto(s), com o Redacted, siga estes passos:

  1. Entre no site.
  2. Faça upload da sua fotografia.
  3. Use o rato para selecionar a(s) parte(s) da foto que quer tornar "fosca".
  4. Escolha a forma da "máscara" (quadrado ou círculo) e ajuste a sua dimensão (pode redimensioná-la quantas vezes quiser).
  5. Selecione o tipo de "máscara": difusa, pixelizada, negra (pode experimentar à vontade).
  6. Faça download da foto final, quando tiver obtido o resultado desejado.

Prático, rápido, e sem qualquer registo

25 de novembro de 2019

DESIGNERSPIC - imagens livres de direitos

Temos feito aqui várias sugestões de sites onde encontrar imagens livres de direitos para usarmos em apresentações ou recursos.

DesignersPics é o site de uma equipa de designers que aloja fotografias de grande qualidade, da autoria de um dos seus fundadores, o indiano Jeshu John.
Podemos usar livremente as imagens, desde que não as distribuamos ou vendamos.




O arquivo está organizado em 10 categorias.
Podemos navegar por elas ou, em alternativa, utilizar o motor de busca do site  (funciona apenas com palavras em inglês).

Fonte: DesignersPics

4 de novembro de 2019

CITE THIS FOR ME - Criação automática de referências bibliográficas

Trata-se de uma extensão do Google Chrome.

Uma vez instalada no nosso computador, cria, com um simples clique, a referência bibliográfica de qualquer página web ou de um texto aí publicado.

Automaticamente, a extensão preenche dados de autor, título, data e URL. 
Se necessário, podemos ainda completar esta informação.

Depois, só temos de copiar o resultado final e colá-lo onde precisarmos, por exemplo, na página de Bibliografia de um trabalho..




CITE THIS FOR ME é daqueles utilitários indispensáveis a qualquer estudante que realiza um trabalho académico, uma vez que a apresentação da bibliografia consultada é imprescindível, e deve incluir também as consultas feitas online, que muitas vezes ficam "esquecidas".


Com esta extensão, quando o aluno encontra uma página web cujo conteúdo quer utilizar no seu trabalho, só tem de colar na sua bibliografia o resultado  criado pelo CITE THIS FOR ME. 


Trata-se de uma extensão gratuita e muito prática, não exigindo registo, a não ser que queiramos que armazene as referências bibliográficas que criamos.

Tão simples, que não resta qualquer desculpa para o plágio!

Fonte: Cite This For Me
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...